segunda-feira, 5 de abril de 2010

Atenção: Vômitos em Gatos


Todo proprietário de gatos já se deparou com uma surpresa não muito agradável em alguns lugares também não muito comuns: o vômito. Esta é uma queixa bastante comum especialmente na clínica de felinos. Na maioria das vezes há raros episódios, com intervalos de tempo espaçados, que normalmente não tem muito significado clínico quando não está acompanhado de outros sintomas. Porém, se seu bichano vomita pelo menos uma vez por semana, é necessário levá-lo ao veterinário para um check-up e tentar descobrir qual a causa deste sintoma. Observe qual o conteúdo do vômito e se há algum outro sintoma, como a perda do apetite, emagrecimento, diarréia e prostração.

Estamos falando aqui de ocorrências únicas diárias de vômitos, alternados com grande espaço de tempo sem qualquer alteração (quadro crônico), e não quando seu gato começa a vomitar várias vezes num mesmo dia (quadro agudo), pois neste caso você deverá levá-lo imediatamente ao veterinário, para que ele não desidrate.

Alguns animais logo após se alimentarem expelem o alimento ingerido. Isto é chamado de regurgitação, pois o conteúdo não chegou ao estômago e, normalmente, é eliminado com uma forma cilíndrica (forma do esôfago) e o alimento não está digerido. É comum após a regurgitação o gato ingerir este conteúdo novamente (eca! não se assuste, este é um comportamento normal). No caso do vômito, o animal elimina secreção gástrica, a consistência é mais aquosa e pode haver bile, possui um odor um tanto característico e o que foi ingerido pelo gato se encontra digerido.

A recorrência do vômito em gatos pode ter várias razões, pode não ter significado clínico, ou indicar ingestão excessiva de pêlos, por falta de escovação ou por alteração comportamental (o gato arranca os pêlos compulsivamente), ou, ainda, por problemas como alergia alimentar, gastrite, ingestão muito rápida de alimentos, lipidose hepática, obstrução intestinal e outros. Vamos comentar aqui as causas mais freqüentes.

Pêlos: A formação de bolas de pêlo no estômago é a principal causa de vômito. Os gatos ingerem pêlos ao se lamberem e, algumas vezes, esses pêlos causam no estômago alterações na motilidade e irritação da mucosa gástrica (gastrite). A forma simples de se evitar ou minimizar o problema é a escovação diária, a favor e contra o sentido do pêlo. Gatos de pêlos longos apresentam mais problemas, mas os de pêlo curto padecem do mesmo mal. Além da escovação há alguns produtos que ajudam o felino a expelir as bolas de pêlo.

Alergia alimentar: Mudanças súbitas na dieta como a troca de ração também podem desencadear vômitos. Observe se a ocorrência do problema está ligada a estas causas e converse com o veterinário. Existem rações hipoalergênicas no mercado (para animais sensíveis), que diminuem ou evitam a intolerância alimentar. Às vezes uma simples mudança de ração já resolve o problema.

Corpo estranho: Devido à curiosidade dos gatos, existe a possibilidade de ingestão de objetos que podem obstruir o trato digestivo e ocasionar vômitos. O mais comum é a ingestão de corpos lineares (fios, linhas ou barbantes). Esta é uma condição séria, que requer intervenção cirúrgica, mas que pode se iniciar com vômitos esporádicos. Para o correto diagnóstico são necessários radiografias, ultra-sonografia e um exame clínico apurado.

Existem outras causas de vômitos em gatos, como: parasitismo (vermes), pancreatite, distúrbios hepáticos, infecções, medicamentos, toxinas ou plantas. Se você se depara com vômito esporadicamente, mas o apetite, a atividade e o comportamento de seu animal são normais, não há necessidade de preocupação. Faz parte do nosso convívio com eles (embora não seja a parte mais agradável!), mas, se vem acontecendo com freqüência, não hesite em contatar o veterinário. Esta é a atitude mais correta a ser tomada. Seu bichano agradece!

Dra. Patrícia Nuñez Bastos de Souza, médica veterinária.
Publicado por: Revista Pulo do Gato
Gravura: GettyImages
Image Hosted by ImageShack.us

14 comentários:

  1. Como sempre um bom texto Angelique. Como estam as meninas Nina e Missy? Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Minha gata Rutha andou vomitando pelos ultimamente e descobri que gatos mais velhos (ela tem 13 anos) têm mais dificuldade de manter o pelo sem nós e acabam engolindo mais pelos do q deveriam. Mesmo escovando com frequencia às vezes preciso aparar com tesoura a pelagem dela.
    Beijos, Laís

    ResponderExcluir
  3. A minha dona tem no blog dela um quadro que ela fez para oferecer,é pintado a óleo,vão lá pode ser que tenham sorte
    Ron..rons da kika e bjs da dona
    Graça

    ResponderExcluir
  4. Oi Angelique, Vim visitar seu blog e ja vou ficando por aqui, e venho ja te trazer tbm um selinho, passe lá pra buscar ta!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  5. Ai que blog legal!! E que post bacana...
    PArabens pelos filhos de 4 patas, lindos!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Muito boa essa postagem.
    Adorei seu blog!!
    Visita o meu e me segue tb??!!
    beijo grande.

    ResponderExcluir
  7. Passei para: - deixar uns beijinhos e muitos carinhos... - saber notícias tuas e das pequenas... - desejar um lindo fim de semana.
    Fiquem com Deus.

    ResponderExcluir
  8. é sempre bom encontrar alguem que tambem gosta de animais por aqui,acho que não sou uma intruza,sou?
    afinal tambem Amoooooooooo gatos...
    amei este blog...

    ResponderExcluir
  9. adorei a reportagem tenho uma gata persa que percebo sempre as bolas de pelo no vomito dela.....mas dentro de uma semana vomitou duas vezes e nao tinha as bolas de pelo era somente raçao....tem algum remedio que faz com que essas bolas saem? bjus ANDREIA

    ResponderExcluir
  10. Nina ,os conselhos da tua dona são muito bons,venho te desejar um bom fim de semana
    Ronrons da Kika e bjs da dona
    Graça

    ResponderExcluir
  11. Oi gente, minha gatinha, a Tiana, está passando por uma cirurgia neste exato momento. Ela engoliu um corpo estranho e está sendo submetida a uma cirurgia o intestino de emergência. Ela engoliu um barbante desses de embrulhar presente de Natal.
    Depois eu escrevo para falar do resultado da cirurgia.
    NESTE NATAL LIVREM-SE DE TODOS OS FIOS, BARBANTES, FITINHAS...
    Um Abraço e Feliz Natal pra todos.
    Luciana

    ResponderExcluir
  12. Bom dia! Meu gato tico de 5 meses foi submetido a uma cirurgia de esterilazação. Em tese o procedimento ocorreu tudo bem, só que um dia e meio após a cirurgia ele começou apresenatar vomito e foi internado. Na clínica veterinária, segundo o veterinário, passou a vomitar conteúdo do intestino. Então suspeitou-se que estava com algo que obstruia seu intestino.
    Foi submetido a nova cirrugia, e segundo o veterinário ele tinha uma espécie de "caroço" no intestino, que nasceu com ele, (desculpe a falta de técnica) causando o necrosamento de parte de seu intestino.
    Em síntese, meu gato faleceu.E não sei mais o que é verdade ou mentira nas palavras do veterinário.
    Haveria alguma ligação com a cirurgia de castração??? Esses vômitos podem advir dessa cirurgia??? Se poderem me responder agradeço.

    ResponderExcluir
  13. Minha gata Katarina está com super estranha ela esta com uma tosse e tem hora que ela quase vomita mais no sai nada e tbm esta com o peito cheio o que pode ser me ajudem por favor!!!

    ResponderExcluir
  14. Rosiane, infelizmente não tenho como te ajudar, somente um veterinário e uma boa avaliação clinica poderá dizer o que se passa com sua gatinha. Se eu fosse você não esperaria muito e levaria a Katarina logo a um veterinário antes que seja tarde. Dê-nos notícias quando achar a solução correta. Torcemos para que não seja nada grave e que ela se recupere logo. Beijos

    ResponderExcluir

Eu, a Nina =^..^= e a Miúcha =^..^=
Adoramos sua visita e comentários.
Venha sempre que puder.