segunda-feira, 22 de junho de 2009

Doença Periodontal

Dentre todas as doenças que afetam cães e gatos, a doença periodontal é a mais comum entre elas: estudos mostram que acomete cerca de 85% de cães e gatos acima dos três anos de idade.

Periodontite com salivação intensa

A doença periodontal é responsável pela inflamação da gengiva (gengivite) e destruição de tecidos de sustentação do dente (periodontite), e é causada pela placa bacteriana, presente na cavidade oral dos animais. A placa bacteriana é o resultado da organização de bactérias presentes na cavidade oral, devido à falta de higienização, e numa boca saudável, se forma num período entre 24 a 48 horas. O acúmulo de placa bacteriana na superfície do dente, e principalmente na região próxima a gengiva, induz a resposta inflamatória no organismo (gengivite), e a sua progressão (periodontite) decorre do agravamento da infecção e do processo inflamatório. O problema pode piorar quando a placa bacteriana sofre deposição de material mineral e forma o famoso "tártaro" (cálculo dental), que favorece a aderência de mais placa bacteriana.

Úlceras na mucosa oral(Inflamação intensa)

Quando a doença atinge o periodonto de sustentação (periodontite) pode haver lesões graves no osso ao redor do dente que são irreversíveis, podendo levar à perda do dente. A placa bacteriana presente também é responsável pela halitose (mau hálito), pois libera gases sulfurosos, responsáveis pelo mau cheiro. O problema não pára por aí; estas bactérias presentes na gengiva liberam subprodutos que irão para a corrente sangüínea, e pelo fenômeno conhecido como bacteremia, agredirá o organismo do paciente, podendo se alojar em órgãos vitais como rins, fígado, articulações, meninges, pulmões e coração.

Lesão de reabsorção odonto-clástica região do colo do dente

Algumas viroses específicas dos gatos, como leucemia felina, síndrome da imunodeficiência felina, calicivirose e outras, ocasionam quadros bucais muito severos (ulcerações graves na mucosa oral, salivação excessiva), causando dor intensa e muitas vezeso animal deixa de se alimentar. Existe outra doença denominada de lesão de reabsorção odontoclástica, muito freqüente, que também causa muita dor. É necessário um diagnóstico correto para seja planejado um tratamento adequado. Também é muito comum a fratura de palato devido a quedas e traumatismos.

Fratura completa de palato

Infelizmente a doença periodontal não tem cura, mas sim, controle. Isto porque a boca dos animais, assim como as nossas, não são estéreis, pois há sempre bactérias que fazem parte da flora normal da cavidade oral e que não necessariamente trazem prejuízos à saúde. O controle da placa se dá principalmente através da higienização diária (escovação) e profilaxias profissionais regulares.

Informações retiradas do site: Odonto Veterinaria

Image Hosted by ImageShack.us

6 comentários:

  1. Como sempre um texto muito elucidativo. Angelique obrigada pelos selinhos. Beijos boa semana. Estava esquecendo, pode sim me chamar de aninha. + beijos

    ResponderExcluir
  2. A cada texto que leio aqui, vejo que temos que redobrar a atenção com os nossos bichanos. Super beijo e obrigada pelas informações.

    ResponderExcluir
  3. meu gato esta morrendo se ja não esta morto pois esta internado e a clinica esta fechada mas o prlblema dele e ferimento na boca igual a foto acima e me sinto culpada pois ele tambem estava com sarna e mandei aplicar uma injeção chamada ivomec e estou me sentindo m uito culpada pois não sei se ele piorou depois disso.mas quero dizer a ele que o amo muito e estou sofrendo bastante e que ele me perdoe

    ResponderExcluir
  4. Nossa que bom esse bolg, aprendi muito sobre os gatos, o meu gatinho tem 2 anos e esta sofrendo de gengivite, eu não sabia qu tinha que escovar os dentes dele, agora já sei e usar periogardi no s dentes dele e escovar todos os dias a veterinária que minha mãe levou disse isso também, espero que ele melhore.

    ResponderExcluir
  5. Minha gatinha está morrendo de inanição. Já fizemos de tudo, gastamos o que podíamos e não podíamos e agora parece que piorou de vez. Estou pensando em ligar para a veterinária que trata dela e perguntar se ela faz eutanásia. Dói demais ver minha gatinha que até tão pouco tempo era feliz, forte e alegre estar babando e tropeçando nas próprias pernas por fraqueza. Estou muito triste.Pior é que escovar dentes de gatos é difícil principalmente quando o mesmo não acostumou dese pequeno.

    ResponderExcluir
  6. Oi Ana, fico triste de ler as suas notícias e imagino a sua dor. Te mando daqui muita força e luz para tomar a decisão certa. Abraço apertado.

    ResponderExcluir

Eu, a Nina =^..^= e a Miúcha =^..^=
Adoramos sua visita e comentários.
Venha sempre que puder.