Ganhe em Dólares Sem Sair de Casa

Share Up To 110 % - 10% Affiliate Program

domingo, 13 de março de 2011

Livros e Revistas: Gatos - Guia de Criação

 
Sinopse: Gatos apresentam muitas facetas em sua personalidade. Para domar seu espírito impulsivo, é essencial compreender as necessidades específicas desse animal. Este livro apresenta formas simples, rápidas e eficazes de impor limites ao bichano para assegurar uma convivência harmoniosa. Traz ainda orientações sobre higiene, alimentação, crescimento, doenças, procriação, brincadeiras e comportamento, além de instruções passo a passo para ensinar o gato a controlar as necessidades fisiológicas.


A criação de gatos sempre gera dúvidas. Conhecidos por seu instinto de independência, estes animais podem acabar sendo maltratados. Evitar problemas de diferentes tipos é o objetivo de "Gatos - Guia de Criação", lançamento do mês da Publifolha.
Com ele é possível aprender a lidar com as diferentes características dos felinos e saber como contornar diversos problemas. É possível, por exemplo, evitar que ele desapareça ou domesticá-lo e treiná-lo, o que é permitido por algumas raças.
Castração, alimentação, cuidados com a higiene, transporte durante viagens, adaptação da casa e as principais doenças são alguns dos temas abordados pelo guia.
Outro assunto importante é a adoção por famílias que possuem cães. Como fazer para que os dois animais mantenham uma convivência pacífica e harmoniosa? Como evitar brigas?
Leia o trecho abaixo e descubra as respostas:
*
Evitando conflitos entre cão e gato
A lista de verificação
É preciso ter um cuidado especial ao trazer um gatinho para uma família que já tem um cão. Conhecer um animal novo, especialmente o arqui-inimigo dos desenhos animados, pode ser estressante, portanto oriente-se pela lista a seguir.
- Não seja impaciente. A harmonização entre eles e a aceitação mútua podem levar semanas e, às vezes, três ou quatro meses.
- Verifique se há esconderijos e rotas de fuga disponíveis ao gato. Se necessário, é aconselhável estabelecer territórios separados para ambos os animais, mantendo portas fechadas e não permitindo o contato sem supervisão.
- Dê ração ao gato em local inacessível ao cão. Gatos gostam de lugares altos, e provavelmente seu bichano se sentirá mais seguro se você lhe der ração em uma prateleira confortável ou em cima de armário de cozinha.
- Coloque a liteira (caixinha de necessidades) onde o cão não possa interferir quando o gatinho quiser usá-la.
- Alimente o cão separadamente e sozinho. Isso evita o risco de o gatinho "roubar" a ração canina (que, aliás, não é adequada para felinos) e vice-versa.
- Mantenha a portinhola basculante trancada até o gato e o cão estabelecerem uma convivência amigável. Isso também evitará a possibilidade de o gatinho fugir de casa - talvez para sempre.
- Quando não tiver ninguém em casa, mantenha o gato e o cão em cômodos separados.
- Até que os dois animais tenham chegado a um consenso e convivam bem, mantenha o cão preso na coleira, inclusive dentro da casa. Assim você poderá agarrá-lo caso precise controlá-lo (por exemplo, se ele tentar subitamente atacar o gato).

Autor: David Taylor
Editora: Publifolha
Páginas: 192
Quanto: R$ 19,90
Onde comprar: Pelo telefone 0800-140090 ou pelo site da Livraria da Folha
Image Hosted by ImageShack.us

Um comentário:

Eu, a Nina =^..^= e a Miúcha =^..^=
Adoramos sua visita e comentários.
Venha sempre que puder.