Ganhe em Dólares Sem Sair de Casa

Share Up To 110 % - 10% Affiliate Program

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Câncer de Boca em Felinos

O que causa câncer de boca em gatos e qual o tratamento para obter a cura?

Os tumores da cavidade oral são distúrbios patológicos do crescimento, caracterizado por uma proliferação excessiva e incessante das células. Nos gatos cerca de 3% a 12% de todas as neoplasias felinas se encontram na cavidade oral. A mais frequente é o carcinoma epidermóide, seguido do fibrossarcoma e épulis fibromatoso. Os pacientes normalmente apresentam halitose, aumento de salivação, sangue puro ou misturado com a saliva e, em alguns casos, perda de apetite e diminuição de peso. Dependendo da progressão e do envolvimento ósseo, pode haver perda de dentes. No entanto, é extremamente importante a realização de exames laboratoriais para confirmação da suspeita, sendo necessária a realização do exame histopatológico (biópsia). Somente por meio deste exame será possível a identificação do tipo de tumor.

Após o diagnóstico, o médico veterinário poderá indicar qual o tratamento mais eficaz para o tumor em questão. Algumas modalidades terapêuticas têm sido empregadas no tratamento dos tumores de cavidade oral dos felinos. Indica-se o tratamento cirúrgico para os casos de invasão óssea e que sejam extensos. A radioterapia é indicada quando o câncer é inoperável ou para eliminar possíveis células cancerígenas que ficaram após a cirurgia, embora os resultados não sejam tão satisfatórios.

Outro tratamento empregado para tentar tratar o tumor é a criocirurgia, cujo emprego destina-se a lesões menores que 2 centímetros de diâmetro com mínima invasão óssea. A quimioterapia não é tão efetiva nas tumorações de cavidade bucal. Desta forma, o melhor tratamento ainda é o cirúrgico. Muitas vezes os pacientes não são curados devido a dificuldades encontradas no momento do diagnóstico, tais como localização e extensão da lesão na cavidade bucal, no entanto, o certo é que as chances de sobrevida são maiores quanto mais cedo se detecta o aumento de volume, e mais rápido se intervém cirurgicamente.

Márcio César Vasconcelos da Silva
Médico veterinário e professor da Faculdade de Veterinária da Uece

Publicado por: Globo.com
Gravura: GettyImages
Image Hosted by ImageShack.us

domingo, 9 de maio de 2010

Para você com carinho!





QUE MÃE É ESTA?

Tem bicho mais estranho do que mãe?
Mãe é alma contraditória.
É alegria no choro.
É carinho na raiva.
É o sim no não.

Só mãe mesmo pra ser o oposto...
E depois o contrário de novo.


Vai ver que é porque filho não vem com manual de instrução. e pra conduzir as crias no mundo,
ela usa só de intuição, pra tentar fazer tudo direito.


Mas como pode ser assim, tão incoerente?


Ela diz:
Filho, você não come nada...
E logo se contradiz: Para de comer, que eu estou botando o jantar!


E aí ela lamenta:
Ai, que eu não vejo a hora desse menino crescer!
Mas logo se arrepende:
Deixa que eu faço, você ainda é uma criança...


E quando ela manda:
Tira essa roupa quente, menina!
E logo em seguida:
Veste o casaco, quer pegar um resfriado?


Esse menino dorme demais...
Esse menino não descansa...


Essa menina vive na rua!...
Filha, sai um pouquinho, vai pegar um sol...


Pois é, gente, que pessoa é essa que jura que nunca mais...
E no momento seguinte promete que vai ser pra sempre?


Essa pessoa é assim mesmo:
Igual e diferente de tudo o que a gente já viu.
É a fortaleza que aguenta o tranco, só pra não ver o filho chorar.
É o sorriso de orgulho escondido, só pra não se revelar.


Mãe dá uma canseira na gente.
E às vezes tira do sério...


Até que um dia a gente se depara com uma ausência insuportável:
É a mãe que vai embora, deixando um vazio enorme, escuro, silencioso.
E aí descobre que, mesmo errando, ela sabia de tudo, desde o início.
Porque criar filho não tem regra - é doação e amor simplesmente.


Então, se você tiver privilégio de abraçar sua mãe nesse segundo domingo de maio,
agradeça, porque o presente é seu. E esteja certo:


Mesmo sem manual de instrução, ela continua aí, atrapalhada, contraditória...
Mas com o olhar atento, querendo entender como você funciona.
E fazendo de tudo pra você não falhar.


Feliz dia das mães!


Texto: Lena Gino
Image Hosted by ImageShack.us

terça-feira, 4 de maio de 2010

NOTA AOS MEUS SEGUIDORES


Olá amigos!

Tenho recebido, com certa freqüência, apelos para gatinhos que estão doentes e que seus donos não sabem como curá-los. Eu não sou veterinária e creio que a maioria de minhas amigas aqui, blogueiras, também não são. Eu também sou tão leiga quanto vocês quando se trata da saúde de nossos amados gatos. Sei que muitas de vocês nem sempre têm um médico veterinário para acompanhar a saúde de seu bichano e se desesperam quando algo errado está acontecendo.

Desculpem-me se não posso ajudá-las. Quando aqui posto um artigo sobre a saúde dos felinos, tento, sempre que possível, esclarecer ao máximo sobre os sintomas, reações e outros mas ainda reforço que o ideal é procurar um veterinário em casos extremos.

Mais uma vez agradeço por sua participação e desejo, de coração, que você encontre a cura de seus gatinhos e que, se for possível, volte aqui e nos conte qual foi a solução dada a ele. Este blog tem a função de sempre passar informações corretas e de esclarecer ao máximo todas as nossas dúvidas.
Image Hosted by ImageShack.us