Ganhe em Dólares Sem Sair de Casa

Share Up To 110 % - 10% Affiliate Program

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

CatNews: "Gato-robô" da Inglaterra tem 1ª prótese de joelho do mundo

Gata Missy, 8 anos, recebeu uma prótese de metal, com 7 cm de comprimento,
que funciona como os ligamentos do joelho destruído após um atropelamento

Um gato se tornou o primeiro felino do mundo a receber uma prótese artificial de joelho após ter sido atropelado por um carro em Petworth, no condado de West Sussex, na Inglaterra. Depois de encontrar o animal perto da morte, veterinários obtiveram sucesso em uma cirurgia pioneira de reconstrução dos membros em que implantaram uma prótese especial de aço. As informações são do jornal britânico Daily Mail.

Missy, 8 anos, também chamada de "gato-robô", teve fraturas em duas pernas - uma delas quebrada em oito lugares. Ela foi encontrada ferida por seus proprietários dois dias após um sumiço. Segundo o veterinário Noel Fitzpatrick, "a colocação de um joelho artificial em gatos jamais havia sido feita".

Fitzpatrick disse que a prótese, com 7 cm de comprimento, é feita de duas peças de aço inoxidável unidas por um mecanismo articulado ligado ao ossos da coxa e da tíbia, de modo a substituir os ligamentos do joelho.

"A coisa mais difícil da operação foi criar os implantes em miniatura e combinar as articulações de movimento para permitir que o gato caminhe, corra e salte, como a espécie gosta de fazer", afirmou. "Um paciente humano com uma substituição do joelho, provavelmente, ande e talvez até possa correr, mas raramente poderá saltar, disse.

Após doze semanas de tratamento, Missy passa bem e já está em casa para receber o carinho dos seus proprietários.
Publicado por: Terra
Image Hosted by ImageShack.us

Meus outros primos

Oieeee!!! Mammys ainda não falou destes nossos primos mas a Tia Miriam, irmã da Mammys tem um mini zoo na casa dela (são gatinhos, cãezinhos, papagaios, periquitinhos e uma prima quase humana que comentarei em outro post).

A Tia Miriam adora os animais, aliás o nome dela deveria ser Tia Francisca em homenagem a São Chiquinho porque ela não resiste a um bichinho perdido na rua, faminto e sem lar e acaba adotando e cuidando com muito carinho. Aqui vão alguns de nossos primos:
Oieeeeeeeeee, eu sou a Sasha, tenho quase um aninho . Olhem que lindos olhos azuis turqueza eu tenho e eu sou uma belezura de companheira.
Eu sou o Phebo, aqui embaixo, um gatão. Devo ter por volta de uns 10 aninhos.
Estive dodói recentemente mas já fui medicado e estou melhorando bastante.

Olá, eu sou a Mammy, uma gatinha resgatada pela Tia Angelique no condominio onde ela mora em 24/12/ 2002, prenha, sem pêlo algum nas costas devido ao stress, só tinha uma barriga enorme. Meus filhotes, todos pretinhos num total de 8 gatinhos, nasceram em 18/1/2003, lindos, todos com este nariz egípcio igual ao meu, não engam que eram meus filhotes. Depois que ela vacinou e castrou todos ela participou de uma feirinha e conseguiu familias pra todos os meus filhos e filhas.Eu, por ser muito ciumenta e territorialista acabei indo pra casa da Tia Miriam e estou lá até hoje.Moro na sala dela, cheia de conforto.

Eu sou o Blue, um malelo dengoso, tive cancer na orelhinha por isto ela está pela metade. Tia Miriam cuidou há tempo para não alastrar. Hoje não tenho mais nada, sou um gatinho forte e cheio de charme, vocês não acham?

Eu sou o Athos, um tigrado cinza muito lindo, ainda arisco apesar dos meus 14 aninhos
Olá meninas e meninos, eu sou a Sheron, tenho 17 anos. Olhem a minha linda carinha, não é obra de Deus?

Image Hosted by ImageShack.us

domingo, 24 de janeiro de 2010

BOM DIA !!!!

Pessoal, agradeço do fundo de minha alma todo o carinho de vocês. É somente nestas horas que sabemos com quem podemos contar. As horas de desespero são as mais difíceis de se encontrar alguém para nos apoiar, nos ouvir e é nestes horas que a gente sabe quem realmente está por perto. Obrigada à família, às amigas com quem partilhei por telefone meu desespero, minha amiga, vizinha e vet Elaine que saiu comigo várias vezes a noite, na chuva, pra procurar a Nina, minha irmã que veio de tão longe e passou a tarde toda, embaixo de temporais, andando no meio do mato alto e pelo barro, vasculhando cada cantinho daqui, chamando pela Nina, procurando embaixo de carros e até pedindo aos vizinhos do 1o. andar dos blocos para checar se ela não estava escondidinha em algum canto, aos vizinhos e vizinhas que saíram com os cachorrinhos durante todo o dia e noite, às crianças, inúmeras, que conhecem a Nina e a Missy e se juntaram na busca, em idéias maravilhosas e que hoje de manhã foram as primeiras a vir aqui em casa para saber notícias.

Tias e Tios, desculpem o susto de ontem. Lambeijos. Nina
Image Hosted by ImageShack.us

00:12hs - Noite Feliz: A Nina acaba de voltar pra casa

Já comeu um pratão de ração e agora vai descansar. Amanhã é um novo dia. Depois, se ela me contar onde ela esteve se aventurando, eu prometo: conto tudo aqui. Por hora, nós vamos dormir juntinhas e matar a saudade deste dia que nos levou ao desespero.

Uma linda noite pra vocês também e obrigada por todas as orações
Image Hosted by ImageShack.us

sábado, 23 de janeiro de 2010

A NINA ESTÁ DESAPARECIDA

Desde as 10 horas da manhã de hoje. Ontem, 6a. feira, depois de muitos anos, consegui uma diarista para dar uma geral em casa. Pessoa conhecida e de boas referencias. Cheguei em casa à noite, tudo limpinho e cheiroso e as pequenas, Nina e Missy, bem. Dei comidinha e fomos dormir...A Nina não me deixou dormir a noite toda, pulava e me acordava o tempo todo. Estava inquieta, sempre procurando se esconder embaixo dos lençóis... Mais de manhãzinha, por volta das 6:30 hs começou a miar e me chamar para ir até o quarto como ela sempre faz quando tem algum bicho escondido no guarda-roupa, tipo barata ou outro inseto... retirava tudo achando que ia encontrar algo e nada... Tomamos café, dei ração, elas comeram direitinho e aí estava me preparando para viajar, ia levar minha mãe até o litoral e desci com a Nina, como de praxe para o jardim, enquanto eu retirava os sacos de areia q tinha comprado e comia a graminha. Esta uma manhã bem quente. Assim q ela comeu a grama ela apareceu sentou um pouquinho e eu falei já vamos subir...e não deu 5 minutos e ela tinha desaparecido. Já avisei toda a segurança do condominio, mostrei foto dela para as crianças, vizinhos q a conhecem já sairam tb à procura. Já choveu muito. Já desci com a Missy para ver se ela rastreava algo mas ela não reagiu. Achamos que ela está escondida em algum lugar. ela nunca despareceu por tanto tempo assim. Meus amigos orem por ela, me ajudem a fazer uma corrente de oração para que ela volte. Muito obrigada.
Image Hosted by ImageShack.us

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Nham Nham Nham...Hamburguer!!!!


Você já deu hambúrguer para o seu gatinho de estimação? Esta peça, feita com feltro e algodão, é apenas um brinquedinho simpático para divertir o seu bichinho. Por dentro, o hambúrguer é recheado com uma planta conhecida como “erva-de-gato”. A espécie, da mesma família da hortelã, costuma atrair a atenção dos felinos. Os itens, que foram batizados como Yes, please, burguer podem ser comprados pelo site Etsy pelo valor de 5 dólares, a unidade.

Publicado por: Casa e Jardim
Image Hosted by ImageShack.us

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Atenção pessoal de PORTO ALEGRE!!!!

Recebi hoje um e-mail da nossa querida Thiane do Reino Gato pedindo ajuda de alguém que more na região de Sertório, Porto Alegre/RS para adoção de 5 bebês felinos que estão numa casa em situação bem precária onde reside a Dona Cristina, uma senhorinha muito doente e carente recursos.

As fotos dos bebês estão abaixo. Quem puder ajudar a divulgar ou sabe de algum parente, amigo, conhecido que more em Porto Alegre e que goste de gatinhos e queira adotar ou dar abrigo temporário para estes pequenos, já estará colaborando de montão.
Vamos ajudar nossa amiga? Olhe o que ela precisa:

"O que eu preciso?Casa de passagem (ou adoção!!) que possa assumir nem que seja um desses bebês!!Tem um cantinho aí? Estou assumindo os 5 da Eva, menos doáveis (2 pretinhos e 1 frajola bebes, além de 1 Preta e 1 Amarela de 5 meses, que enviei para castração, e estão quase passando da idade de conseguirem adoção mais fácil - afinal, todo mundo só quer filhote...). Peço ajuda para estes outros 5 pequenos que estão na D. Cristina. Ajudo a divulgar a adoção.São 3 amarelos com branco, uma tigradinha e uma tartaruguinha, quase toda pretinha com pequenas manchinhas amarelas no rosto (pinceladas artísticas de Deus). Esta última, mais mirrada e magrinha, talvez eu traga para cá para cuidados especiais, entendendo que é uma pelagem tão discriminada..."

Para contato escreva para a Thiane no http://www.reinogato2.blogspot.com/

Pessoal muito obrigada
Image Hosted by ImageShack.us

sábado, 9 de janeiro de 2010

São Paulo recebe exposição de gatos gigantes da raça Maine Coon




Nos dias 30 e 31 de janeiro acontece em São Paulo uma mostra de gatos gigantes da raça Maine Coon, considerada nativa do estado do Maine, EUA.

Durante dois dias, visitantes poderão conhecer bichanos, filhotes e adultos de pelagem lisa e pesada, tufos nas pontas das orelhas e porte alto e musculoso.

Também conhecido como "gigante gentil", os gatos dessa raça podem chegar a pesar 13 quilos. As fêmeas costumam ser menores que os machos, que podem ter até o triplo do tamanho de gatos comuns.

Onde: Maison Garden Av. Salim Farah Maluf, 1880, Tatuapé, São Paulo
tel. (11) 2605-8550
www.maisongarden.com.br)
Quando: 30 e 31 de janeiro, das 11h às 17h
Quanto: Entrada gratuita
Publicado por: UOL
Image Hosted by ImageShack.us

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

AIDS Felina



Olá pessoal, como foram de festas? Espero que tudo esteja bem e continue melhor ainda neste ano que se inicia.

Tenho recebido alguns contatos por e-mail e/ou cometários no blog, solicitando informações sobre AIDS Felina ou Imunodeficiência Felina, assunto pouco conhecido pela população.

Em pesquisa na net, achei algumas publicações na Folha de São Paulo, e um Estudo Cientifico onde posto abaixo um resumo apenas para esclarecimento.

O FIV (Vírus da Imunodeficiência Felina) é popularmente conhecido como Aids felina, e debilita a capacidade do organismo do animal podendo ocasionar a morte. Semelhante a Aids humana, o animal contaminado pelo FIV, apresenta sintomas variados como fácil aquisição de doenças, baixa imunidade e anemia.

Por ser uma doença recentemente descoberta, não possui vacina para a cura e/ou prevenção de felinos contaminados através de mordidas e arranhões. Mas pode ser evitada quando fornecido um bom tratamento ao animal, castração, visitas ao médico veterinário e evitando contato com gatos de rua.

A Aids Humana (HIV - Vírus da Imunodeficiência Humana) teve sua primeira aparição no início da década de 80 nos Estados Unidos e, em 1981, foi definida como o Vírus da Imunodeficiência Adquirida. Em 1986, apenas cinco anos após a descoberta oficial do Vírus da Imunodeficiência Humana, o primeiro caso de Aids felina ocorreu.

Pertencente a mesma subfamília do HIV, o FIV (Vírus da Imunodeficiência Felina) apresenta grande similaridade em relação ás seqüências gênicas e ao ciclo replicativo e é um dos modelos mais promissores para o estudo da Aids Humana, porém, se difere em alguns aspectos, tais como, a transmissão, que não acomete a outras espécies e ao homem, e a definição, que não é dada como doença, e sim como um meio que proporciona mais suscetibilidade a contaminações no animal.

O FIV ataca os linfócitos, células de defesa, debilitando a capacidade do organismo do animal e ocasionando infecções. A percepção do FIV positivo se dá por sintomas característicos como a vulnerabilidade a outras doenças. Porém, existe o portador assintomático, que passa anos sem apresentar sintomas, e só é detectado por exames de sangue, com o teste ELISA feito no Brasil.

A contaminação do felino é dada por mordidas ou arranhões de gatos infectados por FIV, e não por contato sexual como é o caso do HIV. Geralmente, os gatos FIV positivo são machos e de rua, onde a concentração é alta e a taxa de estresse é contínua, o que pode ocasionar o aparecimento do vírus.

Na ocorrência de anormalidades em relação á saúde do felino, a detecção de um possível gato soropositivo, é feita a partir do surgimento de sintomas como diarréia persistente, problemas respiratórios, febre, emagrecimento, anemia, infecções e mais raramente a morte.

Por ter sido descoberta á pouco mais de duas décadas somente, ainda é inexistente uma vacina para prevenção da Aids felina, portanto, a posse responsável é o tratamento fornecido. Através de cuidados com a higiene do animal, vacinação em dia, alimentação saudável, castração e visitas freqüentes ao médico veterinário, é possível eliminar as chances de contaminação em gatos domésticos. Mas, esforços devem ser direcionados para evitar o contato de gatos potencialmente infectados com gatos FIV negativos.

Mas caso o gato seja soropositivo, a luta pela vida do felino é muito válida, principalmente para o dono do animal, já que o amor que lhe foi fornecido é eterno. Os cuidados, apesar de redobrados, são essenciais para a manutenção da vida do animal, então alimentos ricos em sais minerais, alimentação balanceada e inserção de medicamentos na dieta são recomendados, assim como amor e muito carinho.

Infelizmente, o preconceito é nítido quando o tema é Aids. Humano ou animal, esse vírus gera muito mais que doenças, ele gera abandono.
Image Hosted by ImageShack.us