Ganhe em Dólares Sem Sair de Casa

Share Up To 110 % - 10% Affiliate Program

domingo, 30 de agosto de 2009

Toda Stampada (*)

Nesta semana de ausência do blog recebi muitos selinhos. Fiquei feliz de saber que fui mentora do Selo Comemorativo - 50 Seguidores. Bacana saber quando uma idéia dá certo!!!

Andei vendo q a maioria dos blogues amigos já foram presenteados. Mas vou deixar aqui para aqueles que ainda não têm, poder levar pra casa ;o).

Obrigada pelo carinho de sempre a todas as amigatas e amigatinhos que estão aqui, sempre comigo.

1. 50 seguidores do Eros - Sua amizade é tudo pra mim!
Guida, vc tb é uma amigata muito especial e mora no meu cuore!

"Um amigo verdadeiro é alguém que escuta, alguém que se preocupa, alguém em quem confiar. Alguém com quem compartilhar a vida alegremente, alguém que toca nossos corações. Eu sou tão sortudo por ter um amigo de verdade como você."

2. 50 Seguidores da Agnes, a gata da sorte - Este Blog dá muita Sorte

Ele segue com a mensagem: "UMA VIDA PRÓSPERA E CHEIA DE SAUDE, PAZ E AMOR (amor pelas pessoas e pelos bichinhos). Cibele e família, a recíproca é verdadeira e sincera. Beijos !

3. 50 Seguidores do Bicho É Tudo de Bom - Este Blog é Iluminado

Maira, vc tb é tudo de bom por aqui! Além deste selinho especial, a Maira, a Flávia e a Gateira me presentearam com o Selo "Este Blog é Viciante!!! Uau!!! Viciantes são vcs minhas queridas amigatas!


4. a Theo do Ronronices tb lançou um selinho: Castrar é um Ato de Amor

em prol da Castração e tb para agradecer a todos os amigatos que ajudaram-na com sua gatinha.
Theo, estamos aqui para o que der e vier. SEMPRE! conte conosco. Grande beijo!

(*) Stampada = (do verbo "to stamp"/ selar) "Apenas aportuguesando o termo...rs

Image Hosted by ImageShack.us

Borba, O Gato

Borba, o gato, e Diogo, o cão, eram muito amigos.Desde muito pequenos foram criados no mesmo quintal e, assim, foram ficando cada vez mais unidos.

Brincavam de pegador, de amarelinha e de mocinho e bandido.Essa era a brincadeira de que eles mais gostavam.Ás vezes, Borba era o mocinho e Diogo o bandido.Outras vezes, era o contrário.
Vocês já ouviram falar que duas pessoas brigam como cão e gato?Pois os nossos amigos nunca brigavam, apesar de serem realmente cão e gato.

De vez em quando, Diogo arreliava um pouquinho Borba, cantando:- Atirei o pau no ga-to-to, mas o ga-to-to não morreu-reu-reu...Mas o Borba nem ligava e eles continuavam amigos.
Quando chegou a hora de irem para escola, Diogo, que era um cão policial, resolveu estudar na escola da polícia.

Borba foi cantar a mãe:- Sabe, mamãe? Eu também vou ser policial.Dona Gata riu:- Onde é que já se viu gato policial?- Ora, mamãe, se existe cachorro policial, por que é que não pode haver gato policial?

Dona Gata explicou:- Meu filho, gatos são gatos, cachorros são cachorros.Existe gato siamês, gato angorá...existiu até aquele célebre Gato-de-Botas.Mas gato policial, isso nunca houve.

- Mas, mamãe, só porque nunca houve não quer dizer que não possa aparecer um.Afinal, é a minha vocação...

Diogo, todos os dias, trazia exercícios para fazer em casa:- Hoje eu tenho que descobrir quem é que rouba o leite da casa de dona Marocas. Você quer me ajudar?

Borba sempre queria.Mas, cada vez que ia ajudar seu amigo, arranjava uma boa trapalhada...Mas o Borba não desistia:- Sabe, Diogo?Eu tenho escutado uns barulhos muito estranhos, de noite. Deve ser algum ladrão. Vamos ver se a gente pega?

E os dois saíram, de madrugada, para pegar o ladrão...Que não era ladrão nenhum, era só o padeiro!

A mãe de Borba já estava zangada:- Vamos acabar com esses passeios no meio da noite!Criança precisa dormir bastante!

- Mas, mamãe, todos os gatos andam à noite pelos telhados.- Isso são os gatos grandes. Você ainda é muito pequeno.- Ah, mamãe, assim você atrapalha minha carreira!E Borba continuava a treinar para policial.

E explicava a Diogo:- Eu preciso reabilitar a raça felina.Em todas as histórias, os ratos são bonzinhos e os gatos são malvados. Veja os desenhos animados.Veja Tom e Jerry! É uma injustiça. Eu vou mostrar a todo mundo que os gatos são grandes homens, quer dizer, grandes gatos...

O tempo passou e Diogo recebeu seu diploma. Ganhou uma linda farda e todas as noites fazia a ronda do bairro:- PRIIIUUUUU! PRIIIUUUUU!...

Borba ainda tinha esperanças de vir a ser um policial e por isso saía sempre com o seu amigo.Uma noite, quando vinham passando pela casa do seu Godofredo, viram alguma coisa muito suspeita no telhado:

- O que é aquilo? – perguntou Diogo.- Desta vez juro que é um ladrão.- Mas eu não sei subir no telhado.Como é que eu faço?- Quem não tem cão caça com gato – disse o Borba.- Deixa que eu vou. E subiu pela calha como só os gatos sabem fazer.Aproximou-se do ladrão por trás e ...- MIAAAUUUUUU!

O ladrão levou tamanho susto que despencou do telhado, caindo bem em cima do Diogo.O Borba ainda gritou:- Cuidado, Diogo!Se ele te pega, faz cachorro-quente!

Mas o ladrão, que era o ladrão de galinhas, estava tão assustado que não conseguiu nem fugir.

- Está preso em nome da lei! – disse Diogo, todo satisfeito, pois era o primeiro ladrão que ele prendia.

Borba vinha descendo do telhado, todo orgulhoso. Toda a vizinhança aplaudia os dois amigos:- Agora podemos dormir sossegados!

Diogo levou seu prisioneiro para a delegacia e explicou, direitinho, como é que tinha prendido o ladrão.

O delegado quis logo conhecer o Borba e deu a ele uma condecoração:- Parabéns, seu Borba!O senhor daria um grande policial!

Borba piscou para o Diogo.E foi admitido na corporação, mesmo sem fazer o curso. Afinal, ele já tinha dado provas de ser um bom policial.E ganhou o cargo de guarda dos telhados.
E agora, todas as noites, enquanto Diogo vigia as ruas, Borba cuida do seu setor.

A rua deles é a mais bem guardada da cidade. Pois tem um policial na rua e um no telhado: Borba, o gato.

Autoria: Ruth Rocha
Image Hosted by ImageShack.us

sábado, 29 de agosto de 2009

Almofadas Novas

Queridas amigatas, olhem só as minhas mais recentes aquisições e advinhem de onde elas vieram? Do Reino Gato, é claro. A Matka nem chegou a publicar a venda porque interceptei-a no meio do caminho. Rssss... Eu sou terrível, não sou? Vocês não sabem o q estão perdendo em adquirir produtos da Matka. A moça é de um capricho na confecção. Tudo chegou aqui na terra da garoa perfumadinho. Teve até uma eco-sacolinha rosa de brinde! Eu AMADOREI tudinho. Este foi realmente feito sob encomenda!

Eu recomendo o

Image Hosted by ImageShack.us

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Religiões oferecem tratamento espiritual para animais de estimação


A Associação Espírita Amigos dos Animais promove dois encontros semanais voltados aos "melhores amigos dos homens". "Temos relatos de curas de pets em estado grave ou em que o veterinário havia dado o animal como desenganado", afirma Silvia Nogueira, diretora da Asseama, instituição que se diz pioneira nesse tipo de atendimento.

Segundo a crença kardecista, todos os seres são espíritos em evolução que passam por todos os reinos - animal, vegetal e mineral. "Por isso, as sessões também servem para que eles compreendam melhor sua passagem pela Terra e se preparem para desencarnar", explica Silvia.

Hoje, algumas denominações religiosas e seitas abrem suas portas para a busca do bem-estar físico e espiritual dos bichinhos. No templo de umbanda Caridade É Amor, há quatro meses acontecem reuniões mensais com o objetivo de dar passes espirituais nos pets.

A médium Juliana da Costa Venezi, 26, enfatiza que faz parte de uma linha da religião africana que não aceita o sacrifício de animais. "Há quem confunda, mas na umbanda pura e correta não há sacrifício de nenhum ser. Os animais são respeitados como espíritos de luz em evolução."
Bem distante de outros rituais, nos quais o sangue derramado de animais é visto como uma forma de agradar aos seres superiores ou como um meio de obter graça, perdão e salvação.

Segundo Juliana, as doenças, muitas vezes, são fruto de cargas negativas absorvidas pelos bichos. A médium diz que cabe aos "tutores" - ninguém é dono dos animais, conforme a crença - identificar a necessidade de tratamento espiritual.

Para que a bênção seja efetiva, os donos dos pets devem obedecer a algumas regras. Assinam um termo de responsabilidade, declarando estar cientes de que o tratamento espiritual não substitui o veterinário. Todos se comprometem a não ingerir nenhum tipo de carne ou bebida alcoólica no dia do trabalho. O alimento carregaria energia negativa. Antes de iniciar o ritual, é realizada uma palestra de 15 minutos.

A cerimônia é rápida. Depois das orações iniciais, é feito um círculo com um ponto no centro. Os médiuns, então, incorporam as entidades. Um a um, os animais são levados ao centro da roda, onde recebem o passe.

Caso o quadro de saúde seja tão grave que não permita que o pet seja transportado ao local, os médiuns aceitam fotografias no ritual. "Não é oferecido nenhum remédio, esse é um tratamento alternativo aberto a qualquer um, inclusive a membros de outras religiões", afirma Juliana.

Frequentadora do centro, a empresária Marilda Torres Antônio, 57, acredita que os animais absorvem as más energias. Assim que soube das sessões, levou o schnauzer Dick para o encontro. "Ele estava sem comer, meio estranho", conta. "Depois do passe, melhorou imediatamente."

A empresária também é "tutora" de Paulie, um cocker spaniel. A dupla, geralmente agitada, fica quietinha durante a sessão. "Parece que a energia emanada pelas médiuns entra direto neles."
A exemplo do centro de umbanda, os médiuns espíritas são todos vegetarianos e procuram nos livros de Alan Kardec a base para a cerimônia com os bichos. Também pedem abstinência de carne e bebidas alcoólicas no dia do encontro. Os donos dos animais são entrevistados, assistem a uma palestra e depois seguem para a câmara de passe.

Laços fortes

Para o padre Edinez Paulo da Silva, 41, da paróquia Nossa Senhora Aparecida, em Taboão da Serra, ainda é cedo para afirmar que há mais espaço para os bichos nos rituais religiosos. No entanto, ele assinala que a procura por ajuda espiritual é mais uma prova de como os homens estão cada vez mais apegados aos pets.

"São muitos os lares onde um cachorro ou um gato é colocado no lugar de uma pessoa", afirma.

"Não são poucos os que criam um laço afetivo forte, pensando neles como se fossem gente, com alma e sentimentos."

A tese é confirmada pelo também padre Alessandro Carvalho de Faria, 34. O sacerdote realiza uma bênção para animais no dia de são Francisco de Assis, padroeiro dos animais, em 4 de outubro.

"A Bíblia nos diz que os animais foram criados para a convivência com o ser humano", explica. "Por isso, as orações que fazemos são para que eles cumpram com o papel que lhes foi dado na criação, seja o de ajudar nas tarefas do dia a dia, seja o de fiel amigo."
A cerimônia é realizada na porta da igreja. O religioso não tem nenhuma restrição quanto à entrada dos animais no recinto, mas prefere dar a bênção na entrada do templo. "Apesar de rápido, o ritual gera muita agitação. Recebemos cães, gatos, peixes, iguanas, coelhos e até cavalos", afirma. É lido um trecho do livro de Gênesis, que fala sobre a criação e convivência harmoniosa entre as criaturas de Deus. Na sequência, são feitas as orações de bênção.

O segurança Carlos Augusto Coelho, 25, é devoto de são Francisco. Ele conta que herdou a prática do avô, que levava os cavalos para serem abençoados pelo padre. "São diversas as datas em que eu cuido da minha alma, buscando força para as dificuldades", diz. "É justo que eu reserve um dia no ano para o meu melhor amigo." O companheiro, em questão, é Nestor, um gato que encontrou na rua.

Independentemente do credo, a fé é o que une esses donos de animais. A dentista Maria Hermínia Alves Bittencourt, 50, pediu orações para a fox paulistinha Tininha na igreja evangélica Monte Hebron, onde é pastora.

Apesar de não realizarem nenhum culto específico para os pets, os membros da igreja intercederam quando a cadela sofreu um acidente. "Ela foi atropelada e ficou bastante debilitada", relata a dona. "Na mesma noite havia uma vigília na igreja. Eu fiquei em casa cuidando da Tininha, mas a comunidade orou por ela e já no dia seguinte minha paulistinha estava melhor."

Os ritos e crenças variam, mas uma ponderação é comum: o tratamento espiritual não substitui o veterinário.
Para quem quiser mais informações, seguem os links das associações abaixo:
Asseama (Associação Espírita Amigos dos Animais)
Quando: São dois encontros semanais: quinta-feira, das 15h às 19h, e sexta-feira, das 19h às 21h30
Onde: Rua Manoel de Moura, 63, Jaçanã, tel. 3534-3643
Templo de Umbanda Caridade É Amor
Quando: Realiza um encontro por mês
Onde: Av. Mutinga, 3.377, Pirituba, tel. 3906-0727 Para saber mais: http://www.templocaridadeeamor.com/
Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil
Quando: Bênção em 4 de outubro, dia de são Francisco
Onde: Rua Borges Lagoa, 1.209, Vila Clementino, tel. 5576-7914
Publicado na Folha Online em 17/08/2009
Image Hosted by ImageShack.us

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Robôs-gatos podem cuidar de idosos britânicos


LONDRES - Gatos mecânicos e outras engenhocas podem fazer companhia a idosos britânicos dentro de três anos, caso a sociedade seja convencida a fazer esse tipo de experiência com robôs.

Um relatório da Real Academia de Engenharia, publicado nesta quinta-feira, mostra que soldados-robôs e dispositivos cirúrgicos estão sendo rapidamente desenvolvidos, mas que o debate ético e jurídico está ficando para trás. "Isso não se restringe pelas possibilidades tecnológicas tanto quanto pelo desejo de fazer -- e isso está vinculado a todo tipo de fatores sociais", disse o professor Will Stewart, da Universidade de Southampton, que contribuiu para o relatório. Além de criar mascotes-robôs, seria possível também automatizar babás, terapeutas e companhias sociais e até mesmo sexuais, segundo o relatório.

Como os idosos devem constituir cerca de metade da população britânica até 2020, os robôs também poderiam ajudar a cuidar da saúde desse grupo. "Não é um substituto completo para uma ligação semanal do seu filho. O que se quer é uma atenção contínua, e isso é muito difícil", disse Stewart.

Um mascote robótico poderia disparar um alarme em caso de acidente, monitorar o conteúdo da geladeira e alertar o morador idoso a desligar a calefação quando for necessário. Mas há desafios éticos, como a possibilidade de que os robôs levem a um maior isolamento dos idosos. Também seria preciso regulamentar a grande quantidade de dados armazenados nesse tipo de monitoramento. "Nossas estruturas jurídicas e pensamento ético ainda não estão na era da automação", disse Chris Elliott, que colaborou na parte jurídica. "Eles têm de alcançar (o novo estágio) para que nossa segurança e qualidade de vida possam se beneficiar de sistemas autônomos."

Se os obstáculos éticos e jurídicos forem superados, alguns sistemas robóticos poderiam ser disponibilizados dentro de um ou dois anos, enquanto sistemas portáveis com uso prático levariam cerca de três anos. Quando estiverem plenamente desenvolvidos, os mascotes robóticos poderiam oferecer aos britânicos um serviço semelhante ao de um enfermeiro de carne e osso. "Estamos tentando oferecer a todos os tipos de serviço que os ricos teriam tido há 50 anos", disse Stewart.

(Editing by Steve Addison)
FARAH MASTER - REUTERS
Publicado no Estadão em 20/08/2009
Image Hosted by ImageShack.us

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Cem leões morrem anualmente no Quênia; felino pode entrar em extinção

NAIRÓBI — No Quênia, 100 leões, em média, morreram a cada ano desde 2002, informou nesta segunda-feira o Serviço Queniano da Vida Selvagem (KWS), advertindo que estes felinos podem entrar em extinção em duas décadas se nada for feito para reverter a situação.

Os fazendeiros, que matam os leões para evitar ataques aos seus animais, são os maiores responsáveis pela morte dos felinos, afirmou à AFP Paul Udoto, porta-voz da KWS, organização estatal que controla as reservas do país.

A destruição de seu habitat, as doenças e o aumento da população humana também explicam a redução do número de leões de 2.749, há sete anos, para 2.000 atualmente, disse Udoto.

"Temos que adotar medidas para estabilizar este número ou aumentá-lo. Educar as pessoas sobre a importância dos felinos no turismo é uma prioridade nos esforços para salvá-los", afirmou.

Publicado por Reuters Brasil em 18/08/2009
Image Hosted by ImageShack.us

domingo, 23 de agosto de 2009

Obrigada Uniqua. Vc é a 1a.Amigata que agora faz parte de meu mundo real

Olá turma querida. Já é quase fim de domingo e eu vim aqui postar um selinho cuti-cuti que a Uniqua, (mãe da Nellie que está na Italia e não vê a hora de voar para o Brasil) me presenteou. Querida, como lhe disse há pouco, torço para que façamos vários reencontros daqui por diante.

As regras são: indicar 5 blogs que você tem amizade virtual mas o carinho é real e dizer porque escolheu esses blogs. Vou presentear algumas amigatas que acredito ainda não têm este selinho. São elas:

A Luciana - Com Sal e Açucar que é super carinhosa e meiga, tem um blog super gracinha, cheio de coisas gostosas de comer e de ler.
A Drica - Gatonetes - uma amiga virtual ainda mas onde vejo que temos laços muito fortes. Sincera, linda por dentro e por fora, tem um coração enorme, generoso. Adoro esta menina
A Aninha - Anjo Gatos - uma pessoa super verdadeira, mãe da Gaby, da Peta e do Miguelzão, que sempre nos dá um pouco dela como aprendiz de anjo.
A Thiane - Reino Gato - uma menina cheia de amor em tudo o que faz: de resgate de animais a artes manuais belíssimas.
A Ju - Double Cats - mãe do Indy e do Sinatra, com um blog cheio de sapequices destes dois meninos lindos e como ela mesmo se identifica...rs...uma babona por gatos
Image Hosted by ImageShack.us

sábado, 22 de agosto de 2009

Que friozinho bom pra brincar...rs

Gente, estou morrendo de saudades de todos. Não imaginava que ficaria tanto tempo ausente assim do blog. Enfim, hoje estou passando aqui para deixar um abraço enorme em todos os meus amigos blogateiros, todos aqueles que por aqui passam e me deixam recados super carinhosos, todos aqueles que me acompanham já há algum tempo e àqueles que recentemente começaram me seguir. Muito obrigada por todo o carinho! Um super fim de semana e um abraço forte e cheio de carinho.
Image Hosted by ImageShack.us

domingo, 9 de agosto de 2009

Dia 16/08/2009 - Uma Feira Super Legal em Sampa

Mas é claro que eu vou ! Você que é de Sampa também deveria ir. Seria legal, aproveitar este momento para nós blogateiras de Sampa nos conhecermos pessoalmente, que tal hein? Vamos combinar? Beijos


Image Hosted by ImageShack.us

sábado, 8 de agosto de 2009

O Poder Secreto dos Animais

No domingo eu postei um conto de Rubem Alves onde ele comenta sobre um artigo de um gato chamado "Oscar", que prevê a morte de pessoas num hospital pra idosos com doenças degenerativas (acredito que muitos de vocês já devem ter lido algo a respeito). Sim, os animais têm uma sensibilidade toda especial e eu sou muito grata por ter sido escolhida por um felino para ser sua melhor amiga.
Sem querer , navegando na net encontrei este artigo na Revista Planeta. Vale a pena ler.
Oscar, o gato

Já ouviu falar do gato Oscar? Há alguns anos ele virou uma celebridade mundial. Não por conta do seu pelo macio ou focinho perfeito, mas por sua capacidade de prever com precisão a morte de pessoas. Isso acontece ainda hoje, na clínica Steere House, em Providence, Rhode Island (Estados Unidos), um lugar para idosos com doenças degenerativas como Alzheimer e Parkinson. Ali, Oscar costuma deitar-se ao lado ou sobre o peito de pacientes que dali a pouco passarão para o outro lado da vida. E ele não erra nunca.

Trazido de um abrigo de animais, Oscar cresceu na unidade para dementes da Steere House. A clínica adotou há anos um programa em que animais são levados para a companhia dos pacientes, a fim de que estes tenham manifestações de afeto e amizade. Cerca de seis animais residem ali, promovendo conforto aos pacientes. Mas só Oscar demonstrou a capacidade especial de perceber qual paciente morreria em breve.

Cerca de seis meses depois, médicos e enfermeiras da clínica notaram que o gato fazia sua própria ronda entre os pacientes. Ele cheirava e observava os doentes, e às vezes escolhia um deles para ir deitar-se. Para surpresa geral, os pacientes com quem Oscar dormia vinham a falecer cerca de duas a quatro horas depois de sua chegada.

Um dos primeiros casos anotados referia-se a uma paciente que tinha um coágulo na perna. Oscar aninhou-se em volta de sua perna e ali permaneceu até a mulher falecer, cerca de duas horas depois. Outro caso exemplar foi o do médico que havia feito um prognóstico de morte iminente, baseado nas condições do paciente: Oscar simplesmente se afastou, fazendo com que o médico acreditasse que o dom do gato houvesse desaparecido. Dez horas depois, Oscar aproximou-se novamente do doente e se aninhou junto dele. A morte do paciente ocorreu cerca de duas horas depois - um intervalo muito longo para o prognóstico inicial do médico.

A precisão de Oscar, que até agora conta com muitas dezenas de casos comprovados, levou o pessoal que trabalha na clínica a instituir um novo e incomum protocolo: toda vez que ele dorme com um paciente, os parentes deste são notificados de sua morte iminente. Na maioria das vezes, a família do paciente não presta atenção ao fato de que Oscar está presente na hora da morte; em algumas ocasiões, entretanto, quando é afastado do quarto a pedido dos parentes, o gato fica andando de um lado para o outro em frente à porta, miando em protesto. Quando permanece, Oscar fica com o doente até que este venha a exalar seu último suspiro - momento em que o gato se levanta, dá uma olhada e parte silenciosamente.

TUDO SE PASSA COMO SE OS ANIMAIS TIVESSEM UM MAPA MAGNÉTICO NA CABEÇA, UM "RADAR" FUNCIONANDO O TEMPO TODO, CAPAZ DE CONDUZIR SEUS PASSOS EM SITUAÇÕES CRÍTICAS. UMA ESPÉCIE DE GPS BIOLÓGICO

Várias foram as hipóteses formuladas para explicar os poderes de Oscar. Os gatos conseguem cheirar as substâncias químicas que são eliminadas pelas pessoas pouco antes de morrer? Os gatos simplesmente são ótimos observadores, melhores do que os próprios médicos? Os gatos possuem algum sentido ou sensibilidade especial, que não conseguimos explicar, mas que realmente funciona? Serão donos de algum poder paranormal? Nenhuma resposta definitiva foi encontrada até agora, e, na clínica Steere House, Oscar continua tranquilamente a desempenhar o seu papel.

Oscar, no entanto, está longe de ser o primeiro e único animal a manifestar capacidades extraordinárias e inexplicáveis. Todos os animais, algumas espécies mais particularmente, possuem capacidades de percepção que superam em muito àquelas humanas. A tal ponto que seus feitos, observados um sem-número de vezes, em todos os tempos e lugares, fazem com que se confundam e se percam os limites entre a ciência e a magia.
Pra quem quiser ler o artigo inteiro, muito interessante por sinal (eu só postei o que se fala sobre o gato Oscar) visite aqui
Publicado por: Revista Planeta
Image Hosted by ImageShack.us

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Gato disca telefone de emergência e polícia invade casa na Inglaterra

Watson gosta de brincar com o telefone, diz a dona


Um gato foi responsável por uma invasão da polícia a uma casa na Inglaterra. De acordo com o jornal britânico "The Sun", o animal de estimação de Lauren O'Shea, 23 anos, discou o número de emergência (999) e apertou o botão de rediscagem quatro vezes. Os policiais chegaram ao endereço de origem das chamadas, em West Sussex, e viram um vaso quebrado. Acreditando que seria um arrombamento, derrubaram a porta e entraram na residência. "Um amigo viu a movimentação no meu flat e me ligou", contou Lauren. Ao chegar em casa, a dona desconfiou que a culpa era do gato. "Quando nos mudamos, ele brincava muito com o telefone, então passei a escondê-lo", disse. Watson, de um ano, se redimiu da confusão ficando em segundo lugar em uma competição de gatos no fim de semana.

Publicado no: Planeta Bizarro em 27/07/2009
Image Hosted by ImageShack.us

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Queridos: Drica e Gatonetes e Blog dos Gatos

A Drica do blog Gatonetes, (que, aliás tem um gatonete mais lindo do que o outro e os nomes dos filhotes são super geniais) e a Simone do Arte dos Gatos que também tem uma familia felina linda, me presentearam com o selo acima. Amei meninas. Saibam que vocês são super especiais e queridas. Muito obrigada pelo carinho de sempre.

Regras
1º: Dizer quem ofereceu o selo e colocar o link do blogue que o ofertou
2º: Copiar e responder as perguntinhas
3º: Escolher*10 outras amigas p/ passar o selinho e colocar o link para o blog delas;
4º: Avisá-las que ganharam o selinho;

Aqui vão as perguntinhas:
1ª) Uma Mania: corrigir erros de português de tudo o que leio e encontro pela frente.
2ª) Pecado Capital: Luxúria e Gula.
3ª) Melhor cheiro do mundo: 1o. o cheiro da Nina (vcs não sabem como esta gatinha é cheirosa eu vivo com meu nariz enterrado no pêlo dela..rs) 2o. a comida da mamãe!.
4ª) Se o dinheiro não fosse problema? Passaria o resto de minha vida ajudando e educando as crianças de rua.
5ª) Casos de infância?Putz... fui super espuleta... já tomei um copo inteiro de candida pensando que era água; já mastiguei uma gilette e fiquei com os pedacinhos todos presos entre os dentes sem me cortar; já botei fogo no armário da mamãe fazendo comidinha (acho melhor parar por aqui)kkkk
6ª) Habilidades de dona de casa: tenho todas e a que mais curto é cozinhar tudo o que não é o trivial.
7ª) O que não gosta de fazer em casa: Passar roupa e limpar fogão.
8ª) Inabilidades como dona de casa: Não consigo ficar sentada se estiver com visitas em casa. Acho que sempre está faltando algo para oferecer ou fazer.
9ª) Frase: "Não faça aos outros o que vc não deseja a você".
10ª) Passeio para a alma: Viajar através de um bom livro ou um bom filme; andar descalça pela grama; receber o carinho das minhas felinas; estar em paz comigo mesma; momentos especiais com a familia.
11ª) Passeio para o corpo: Massagens e uma bela lingerie.
12ª) O que me irrita: Hipocrisia e Ignorância.
13ª) Frase ou palavra que falo muito: Entendo...
14ª) Desce do salto e sobe o morro quando: trapaceiam comigo ou com alguém proximo a mim..
15ª Perfume que uso no momento: Sève Canela
16ª Elogio favorito: Elogios me inibem.
17ª Talento oculto: Artes manuais….
18ª Não importa que seja moda, não usaria nem no meu enterro: qualquer tipo de sapato de plataforma.
19ª Queria ter nascido sabendo: Estou satisfeita com o que venho aprendendo com a vida.
20ª Eu sou extremamente: Ansiosa.

Indicar 10 Amigas Fofas .
Image Hosted by ImageShack.us

Móveis com a Forma do Gato

Achei genial este projeto, moderno e criativo. O aproveitamento do material foi muito inteligente pois parte retirada dos móveis (cadeira ou mesa) virou uma bela escultura. Você gostou?





Esta foi a proposta dos designers mexicanos Ricardo Casas, Héctor Esrawe, Emiliano Godoy, Cecilia León de la Barra e Óscar Núñez . O projeto foi lançado em 2006. A coleção Fill the Cat (Preencha o Gato, em português) são móveis vazados em poliestireno expandido (EPS) branco, na forma de gatos – de olho em passarinhos.

Image Hosted by ImageShack.us

domingo, 2 de agosto de 2009

Gisa presenteou-nos com vários Selinhos

A querida Gisa, sempre presente por aqui e com um site prá lá de bacana, homenageou-nos com os selinhos abaixo . Gisa todos "tri-legais". Amamos de verdade.





Nós vamos presentear os blogs abaixo:

Simone - Toquinha do Artesanato

Theofila - Ronronices

Confraria dos Miados e Latidos

Nana - Nana tricot

Anya - Anya en Kareltje

Bigodes e Almofadinhas

Image Hosted by ImageShack.us

Eu não gostava de gatos

NUNCA tive intimidade com os gatos e sempre os olhei de longe, com desconfiança. Preconceito meu, sustentado por uma estória que minha mãe contava de um gato que havia matado um padre. Hoje sei que ele não o teria feito se não tivesse razões...Os bichos que amo são os cachorros e eles me amam. Meu amor pelos cachorros se consubstanciou num artigo que escrevi sobre minha cadela Lola, a pedido da Redação da Folha. Olhando para os seus olhos que estavam fixos nos meus, eu me perguntei: "O que será que ela pensa de mim?" Sobre isso escrevi. Cães, nem sei quantos tive: pastores, dobermans, dálmatas, boxers, weimaraners, cockers... Os dobermans foram os mais obedientes; os boxers, os mais mansos e efusivos. A Nina, dálmata, foi a mais desobediente e não gostava de crianças. Era preciso trancá-la quando havia crianças em casa. Menino, eu sonhei ter um cãozinho. Mas nunca me foi permitido ter um. Realizei o meu sonho simbolicamente: comprei um caderno de desenho dos grandes no qual fui colando fotografias de cachorros que eu recortava de revistas . Meu amor pelos cachorros assim se realizou platonicamente. Mas nunca tive simpatia pelos gatos. Também eles nada fizeram para que eu gostasse deles. Os cachorros são comunicativos, querem fazer amigos, têm um humor italiano, fazem barulho, estão sempre sorrindo com o rabo, gostam de brincar e seu único desejo é agradar os seus donos. Uma amiga enviou-me um e-mail contando da sua cadela labrador, adolescente, chamada Lua. Pois a Lua gosta de plantas, especialmente bromélias, que arranca do jardim e deposita na porta da cozinha com latidos de felicidade, que, se traduzidos, querem dizer: "Eis o presente de flores que colhi no campo para você...".Os cães se parecem tanto com os humanos! O que já havia sido constatado por um dos nossos antigos ministros, que, inquirido sobre as razões que lhe permitiam transportar o seu cão em carro oficial, explicou: "Os cachorros também são seres humanos...". Se isso tivesse acontecido no Egito Antigo, e um ministro fosse inquirido pelo seu uso das carruagens oficiais para transportar o seu gato, a resposta seria mais surpreendente: "Não sabe o senhor que os gatos são seres divinos?". Sim, no Egito os gatos eram deuses. Talvez algo dessa teologia tenha escorrido até nós. Pois não dizemos de uma mulher bonita "ela é uma deusa" e "ela é uma gata"? Mas comecei a mudar de ideia sobre os gatos quando minha filha me deu um gato de presente. E logo ficamos amigos, eu e o gato. Hoje o meu médico me enviou um artigo que apareceu em 26/7/ 07 no "The New England Journal of Medicine", um dos mais respeitados periódicos das ciências médicas. Sobre um gato chamado Oscar. Oscar vive numa instituição que acolhe pessoas em estado terminal. Diariamente, segue uma rotina. Abre os olhos preguiçosamente e põe-se a fazer aquilo a que os médicos dão o nome de visita: vai de leito em leito, sobe na cama, cheira o ar e faz o seu diagnóstico. Se não é para acontecer naquele dia, ele desce e vai para o leito seguinte, onde repete o procedimento. Se, por acaso, sua misteriosa sensibilidade detecta o cheiro ou as vibrações ou a música da morte, ele se aloja junto ao moribundo e a enfermeira sabe que é preciso avisar os parentes. Isso me deixou apreensivo porque o meu gato tem insistido em dormir na minha cama - e é preciso expulsá-lo à força. Será que faz isso por gostar de mim ou para que os outros avisem meus parentes?

Autoria do conto: Rubem Alves
Image Hosted by ImageShack.us

sábado, 1 de agosto de 2009

Amizade colorida

Boa Noite queridos amigos. Esta semana foi dureza e tive que me ausentar da Blogosfera. Enfim, estou passando pra dizer que estou com saudades de todos e que desejo um ótimo fim de semana.
Beijos

Achei este vídeo de uma graça incrível.


A maldade só existe na cabeça do homem. No mundo dos animais tudo é possível de se realizar. A teoria de que os gatos foram domesticados em troca de serviço : caçar ratos, precisaria ser revista se exemplos de amizade "interespécie" como o deste vídeo fossem mais freqüentes.
Image Hosted by ImageShack.us