Ganhe em Dólares Sem Sair de Casa

Share Up To 110 % - 10% Affiliate Program

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Medicamentos extremamente perigosos


Ácido Acetilsalicílico

Muito conhecidos e usados pelas pessoas, alguns exemplos de produtos com essa substância são a Aspirina®, o AAS®, o Doril® e o Melhoral®.

O ácido acetilsalicílico é um antiinflamatório muito tóxico para gatos devido a deficiência de uma enzima hepática que faria a eliminação deste composto. Deste modo, os gatos gastam muito mais tempo para metabolizar e eliminar este medicamento, o que o torna muito perigoso para uso nestes animais. De modo geral, seu uso é contra-indicado para gatos (ou deve ser utilizado estritamente sob a supervisão de um médico veterinário).

Nos seres humanos, 1 comprimido de aspirina leva de 3 a 4 horas para ser eliminado do organismo, já nos gatos o tempo médio é cerca de 70 horas.

Diclofenaco

Os produtos mais conhecidos são o Cataflan® e o Voltaren®, muito utilizados no tratamento da dor e inflamação no homem. Em cães e gatos o uso desta molécula costuma ocasionar problemas gastrintestinais, como úlceras hemorrágicas no estômago e duodeno, levando à vômitos e diarréia com sangue. Também pode ocorrer insuficiência renal, uma grave lesão nos rins que pode levar à morte. O uso de diclofenaco é contra-indicado para cães e gatos!

Paracetamol

Presente em diversos medicamentos como Tylenol®, Parador® e Acetofen®, além de vários outros para gripes e resfriados. Seu uso é contra-indicado para gatos, pois são mais sensíveis ao paracetamol do que os cães por não conseguirem eliminar com eficiência o medicamento. Um comprimido de 250 mg pode ser fatal para os esses animais. Os principais sintomas de intoxicação são salivação, mucosas de coloração azulada, falta de ar e vômitos, podendo chegar a coma e morte.

Portanto, quando seu animal de estimação estiver passando mal, não o medique. Leve-o imediatamente ao médico veterinário. Afinal, não vale a pena economizar o valor de uma consulta e correr o risco de tê-lo internado por intoxicação (o que vai custar muito mais caro) ou até mesmo perdê-lo.
Image Hosted by ImageShack.us

8 comentários:

  1. Muito obrigada pela dica!!!!Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Zeer belangrijke informatie !!!
    Iedereen moet dit weten ;)
    Ik vind de foto erg GRAPPIG ^__^

    hugs
    Kareltje =^.^=
    Anya :)

    ResponderExcluir
  3. Angelique, suas dicas e textos são muito uteis. Tem selinho para você no AnjoGatos. Bjs.

    ResponderExcluir
  4. Ai menina, pensar que quando a Tekila tava meio ruim, eu achei que era gripe, dei AAS infantil pra ela...Ela tinha febre e pensei que poderia ajudar a baixar. Além disso, eu não tinha dindin pra levar num veterinário.
    Ai, que remorso...

    ResponderExcluir
  5. Ótima dica!
    Temos que estar atentos mesmo, gatos não são humanos. O que serve para um, não serve para o outro...pelo contrário, é deveras perigoso.

    Beijokas!

    ResponderExcluir
  6. bom post!

    gatos tb não podem usar IODO para ajudar a cicatrizar ferimentos.

    ResponderExcluir
  7. O que fazer quando meu gatinho que está com insuficiência renal começa a ter cheiro na boca?

    ResponderExcluir
  8. Chandrika, este mau halito é justamente porque os rins não estão funcionando bem. Não há medicamento algum que tire este cheiro. Se vc está fazendo fluidoterapia (ou seja, aplicação de soro) ele pode diminuir um pouco. Outro fator também é que também devido a IR o aumentod e tartaro na boa é maior e isto causa gengivite e mau halito. Verifique o veterinário dele se é possível fazer a retirada de tartaro para a melhora do hatito. Espero ter te ajudado

    ResponderExcluir

Eu, a Nina =^..^= e a Miúcha =^..^=
Adoramos sua visita e comentários.
Venha sempre que puder.